top of page

Mesada


Aquele dinheirinho para o lanche na escola, ou pequenos valores dados aos pequenos, nunca são contabilizados ou padronizados, com isso a ideia de dinheiro fácil, ou ainda, dinheiro quando quer, é gradativamente implantada na criança mesmo sem você ou ela perceberem. Você já parou para pensar em alguma forma de mesada, ou controle sobre estes gastos, para já ir ensinando a criança uma organização e um conhecimento sobre dinheiro?


A pratica da mesada muitas vezes pode ser interpretado de forma errada, à meritocracia ou a tarefa para receber o dinheirinho, é algo que pode ser prejudicial à criança, já que ela pode ligar o ato da mesada em uma espécie de “tenho de fazer coisas, como tirar boas notas, para ganhar dinheiro”. Isso tira a razão de, por exemplo, tirar boas notas para poder aprender. A mesada deve servir de educação e aprendizagem para que a criança no futuro tenha maior habilidade em organizar seus gastos e seu dinheiro. Também não é aconselhável criticar a criança quando ela vir pedir mais dinheiro além daquele dado para gastar no mês, deve sim ser conversado para entender e mostrar para ela no que foi gasto e se pode haver algum tipo de controle sobre eles.


Como eu já disse algumas vezes, a organização financeira vem do berço, quanto mais cedo ensinado melhor será, e pequenos gestos pensados, como a mesada, podem refletir, e muito, em um controle financeiro no seu filho. E na hora de repreender a criança: pense como ela e haja como um adulto. Todos já fomos crianças um dia e não nascemos com o conhecimento!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page